Uma das maiores questões é quando e como contar ao parceiro que tem herpes. Confesso que não sou o melhor exemplo pra se seguir, tenho um pensamento bem radical quanto a isso, por isso decidi “robartilhar” o post de uma amiga. Ela, assim como eu, tem um Instagram e caso precisem de ajuda e/ou de alguém pra conversar, podem procurar por Vivendo com HG.

Ela é ótima. Sério! Procurem ela se precisarem conversar…

Mas voltando ao assunto de hoje, e deixando bem claro, não existe um manual para isso. Sem contar que nunca saberemos como a outra pessoa vai reagir. E coloque algo na sua mente, pessoas são pessoas, umas vão te rejeitar e outras vão te aceitar do jeitinho que você é! E isso é maravilhoso 🥰

Com o objetivo de aliviar um pouquinho o coração de vocês, vou colocar aqui embaixo o Post que a Vivendo com HG fez no Instagram dela:

“Existem duas situações, a primeira é quando você já tem a doença a um tempo e tem dificuldade em se relacionar. Primeiramente vocês não devem contar pra qualquer pessoa que você vai sair que você tem herpes, nem pro seu melhor amigo(a), porque sabemos como isso vai repercutir. O papel de vocês não é contar da herpes logo de cara, o papel de vocês é usar camisinha e não ter relação sexual quando estiver com surtos da doença (feridas) isso sendo homem ou mulher, nosso papel é proteger a pessoa e se proteger também de qualquer outra DST, é natural sentir vergonha disso, essas coisas contamos com o tempo, numa relação segura, e quando você for contar pra pessoa ela não vai te odiar porque você a protegeu o tempo todo, mesmo tendo guardado esse segredo por um tempo, você foi responsável com a saúde dela, e isso é ser humano isso é o mínimo que todos com qualquer tipo de doença contagiosa deveriam fazer. Você provavelmente contraiu a Herpes de alguém que ficou com medo da rejeição e pois sua saúde em risco, não vamos fazer com o outro aquilo que fizeram com a gente, e porque sabemos como isso dói.

A Segunda situação é quando você tem o primeiro surto e está com alguém a pouco tempo, e não tem coragem de falar por que não sabe se pegou da pessoa por que ela não apresentou nenhum sintoma.
Eu particularmente não acredito naquele história de médico que fala que você pode ter pegada a 15 anos o vírus e ele só vai se manifestar quando sua imunidade estiver baixa, pra mim você apresenta os sintomas assim q tem contato com o vírus, 90% das pessoas estavam saudáveis quando descobriu a doença, então não tem lógica essa teoria, a maioria das pessoas que descobrem a herpes no final das contas descobrem que foi seu último parceiro(a) que transmitiu o vírus e não avisou, ou achou q era outra coisa ou teve sintomas mais sutis enfim…O que quero dizer c isso é que tem 90% de chances que tenha sido seu último parceiro (a) que ti transmitiu o vírus, então você deve sim comunicar a pessoa até mesmo pra ela se cuidar, fazer o exame pra ter certeza se tem ou não, e não passar pra mais ninguém. Cada caso é um caso, então não tem uma regra de como contar, mas tenha ciência da importância disso, Boa sorte 🙏♥️”

Ela é maravilhosa, não é gente!?

Eu, diferente dela sou mais radical, conto de primeiro. Sou do pensamento que se quer ficar ao meu lado, tem que aceitar do jeito que eu sou. Por isso, conto logo!

Eu sei, eu sei… Sou muito extremista! Todas as minhas amigas falam isso. Por causa disso achei melhor usar o post da Vivendo com HG.

Então, é isso! Me falem como vocês contam… Ou se vai contar ainda, boa sorte! Espero ter ajudado 😘