Quando criei o blog e o Instagram, assim como foi um dia fui eu procurando por ajuda, procurando um apoio, outras pessoas fazem o mesmo. Com isso, muitos recém infectados me procuram pra conversar.

Tento o meu máximo mostrar que existe vida após a Herpes, mas as vezes sinto que minhas palavras são em vão. Pode ser só sensação, sei lá!

Mas uma coisa é certa, conversar com alguém que te entende, que esteve na mesma situação que você. Então, entendo muito bem a procura das pessoas por mim…

Por isso, sou o mais solícita possível, mostro como lido bem com a minha situação e como conduzo as coisas comigo. Porém de um tempo pra cá passei a sentir um peso em ser o torniquete dos outros, sendo que, sinto que o destino me colocou nessa missão e faz de tudo pra não sair dela, acabei conhecendo o R (óbvio que não vou expor o nome da pessoal).

E R, assim como eu, lida muito bem com a Herpes dele, e me falou dos grupos do WhatsApp só de herpéticos, fiquei curiosa e entrei! E vou ser sincera, ver pessoas lidando tão bem com a situação do mesmo jeito que lido foi renovador!!!!

Se um dia tiverem oportunidade, façam parte… Só digo isso!

[E quem quiser, pode me procura no direct do Instagram]